Palco Jogos Santa Casa já fechado no Delta Tejo



Palco Jogos Santa Casa já fechado no Delta Tejo

O Delta Tejo vai celebrar a sua quinta edição no Alto da Ajuda, coincidindo com a comemoração dos 50 anos dos Cafés Delta.

Seguindo os critérios da multiculturalidade que são seu apanágio o Delta Tejo traz ao Palco Jogos Santa Casa nomes conceituados de Portugal, África e América Latina.

Para o dia 1 de Julho está programado ZECA SEMPRE uma homenagem que acontece 25 anos depois do desaparecimento de José Afonso.
Num reavivar da música de intervenção, pela voz de Nuno Guerreiro, Olavo Bilac, Tozé Santo e Vítor Silva, com o seu projecto Zeca Sempre, tentando dar uma nova vida ao repertório do músico actualizando a sonoridade de canções intemporais.

Apesar de ir já no seu segundo álbum a solo, Paulo Praça tem sido um dos nomes mais requisitados da música nacional para projectos paralelos. Depois de integrar as formações de bandas como Turbo Junkie, Grace e Plaza, o artista fez parte do projecto Amália Hoje e da última banda que acompanha o portuense Pedro Abrunhosa, os Comité Caviar.

Contrariamente à da maioria das bandas de hoje em dia, a história dos Virgem Suta não passa pelo MySpace nem pelo frenesim da internet. A dupla de Beja começou a caminhar pela música há quase dez anos. O seu rumo alterou-se quando arrecadaram o segundo lugar e o prémio revelação de um concurso de bandas em Gaia, mais ou menos por essa altura.
É na companhia de Manuela Azevedo, que o grupo alentejano se irá apresentar no Delta Tejo numa actuação que tem tudo para ser inesquecível.


Para o dia 2 de Julho pode contar com Lúcia Moniz que tem desenvolvido um percurso artístico de invulgar sucesso, sendo reconhecida dentro e fora de portas.
Filha de Carlos Alberto Moniz e Maria do Amparo, a ligação da artista com a música começou quando ainda era criança. Aos seis anos, ingressa na Academia de Música de Santa Cecília, iniciando os seus estudos de piano e violino aos catorze. Com 19 anos, vence a edição portuguesa do Festival Eurovisão da Canção, alcançando nas finais europeias a melhor classificação nacional até à data.

Cantor, compositor e instrumentista, Rodrigo Maranhão é um dos mais completos artistas brasileiros da actualidade. Apesar de ter um percurso discreto, sem grandes alaridos mediáticos, com três álbuns de originais editados e inúmeras colaborações com nomes de topo da música brasileira, tais como Maria Rita, Fernanda Abreu ou Roberta de Sá, Roberto Maranhão é altamente respeitado pelos seus pares.

Laboratório rítmico, melódico e harmónico em permanente evolução, a Orquestra Contemporânea de Olinda tem-se revelado um dos mais empolgantes projectos de música popular brasileira nos últimos anos. Idealizado pelo percussionista Gilú em 2006, a banda tem traçado um caminho pioneiro rumo à experimentações pop dentro da MPB.


No dia 3 de Julho actuará Matias Damásio éhoje uma das maiores estrelas musicais angolanas. Depois de ter alcançado posições destacadas em vários concursos musicais, Matias Damásio estreou-se no mercado discográfico em 2005. O seu álbum de estreia, “Vitória”, catapultou Damásio para o êxito em Angola. No entanto, é com “Amor e Festa na Lixeira”, editado em 2008, que consolida a sua reputação como um dos melhores intérpretes de música romântica em Angola.

Numa alusão aos instrumentos base do funaná, o ferro e a gaita, os Ferro Gaita são um dos colectivos mais relevantes dedicados ao estilo musical cabo-verdiano. Fundado em 1996, em quase 15 anos, o grupo pode orgulhar-se de ter trilhado um caminho de sucesso, tanto no que respeita ao seu trabalho de estúdio como ao seu trabalho ao vivo.

Lucas de Brito “Maya Cool” é uma estrela angolana em ascensão. O seu percurso rumo à ribalta começou bem cedo, integrando o grupo coral da Igreja do Cristo Rei, em Luanda, ainda criança. Com apenas 11 anos, destacou-se entre mais de 200 participantes num concurso de cantores infantis, promovido pela RNA (Rádio Nacional de Angola). Nessa altura, conheceu o músico Eduardo Paim, que o introduziu profissionalmente no mundo da música.


Dia 1

Palco Delta
Sean Paul
Yuri da Cunha
GNR e Banda Sinfónica da GNR
Nouvelle Vague

Palco Jogos Santa Casa
Zeca Sempre
Paulo Praça
Virgem Suta c/ Manuela Azevedo


Dia 2

Palco Delta
Nelly Furtado
Mariza
Aurea
Asa

Palco Jogos Santa Casa
Lúcia Moniz
Rodrigo Maranhão
Orquestra Contemporânea de Olinda


Dia 3

Palco Delta
Djavan
Parangolé
Maria Gadú
Expensive Soul

Palco Jogos Santa Casa
Matias Damásio
Ferro Gaita
Maya Cool

Fonte:Hardmúsica

Enviar um comentário