domingo

Lúcia Moniz hoje em 'Maternidade'

Estreia Maternidade estreia-se hoje à noite na RTP1. A história é a de Madalena (Lúcia Moniz), uma obstetra que é obrigada a trocar um dos mais conceituados hospitais do País por uma maternidade privada à beira do encerramento compulsivo. José Fidalgo, Patrícia Bull, Joaquim Horta e Isabel Figueira também estão no elenco.

Fonte:Diário de Notícias

sexta-feira

Concerto de Lúcia Moniz em Beja (Junho)


Cultura em 2011


Concertos, espectáculos infantis, de dança e teatro, cinema, festivais e eventos gastronómicos e vinícolas marcam a programação cultural de Beja este ano, que será «a melhor», com o «menor esforço financeiro de sempre do município».

«É mesmo a melhor programação de sempre com o menor esforço financeiro de sempre do município», garantiu, com modéstia, o vereador da cultura da Câmara de Beja, Miguel Góis. O autarca falava numa conferência de imprensa em Beja para apresentar a programação «Beja Capital Cultural 2011», que inclui a programação regular do Teatro Municipal Pax Júlia e eventos culturais a organizar pela autarquia.
A programação do Pax Julia irá implicar um «esforço financeiro do município» na ordem dos «40 mil euros», disse Miguel Góis, lembrando que o Teatro Municipal «já teve orçamentos anuais na ordem dos 300 mil euros».
Segundo o autarca, «90 por cento dos espectáculos» previstos para o Pax Julia serão financiados em 80 por cento pelo Quadro de Referência Estratégico Nacional (QREN) e em 20 por cento pela autarquia.
Os restantes 10 por cento dos espectáculos serão financiados pelo município e através de receitas de bilheteira, explicou, sublinhando que «a comparticipação fixa do município» para a programação «brutal» deste ano do Pax Julia é «residualíssima» e «corresponde ao que antes era gasto num mês e meio ou dois no máximo».
Os eventos a organizar pelo município, que antes envolviam verbas «entre os 300 e os 500 mil euros», vão implicar um «esforço financeiro real do município» que deverá rondar «um quarto» daqueles valores.
Através da programação cultural deste ano, a Câmara quer «captar novos públicos» e posicionar Beja e o Pax Julia como «referências culturais de âmbito nacional», explicou o autarca.
A câmara quer também que a programação cultural de Beja «possa acrescentar valor ao tecido empresarial e posicionar-se com produto turístico» e que seja um «activo muito importante» para a cidade, o Baixo Alentejo, o Alentejo e o Sul do país.
Os concertos de Anabela e Bernardo Sasseti Trio (Fevereiro), David Fonseca e Martina Topley Bird (Março), Linda Martini (Abril), José Cid (Maio), Lúcia Moniz e Pontos Negros (Junho), Rita Red Shoes (Outubro), Camané (Novembro) e Noiserv e Jacinta (Dezembro) são as principais ofertas musicais.
Na área da dança, destacam-se os espectáculos «Nortada», da Companhia Olga Roriz (Fevereiro), «Coppelia», do Moscow Ballet (Abril), «Amar Amália», da Companhia Nacional de Bailado (Maio) e «A Bela Adormecida», do Moscow Ballet (Novembro).
A programação inclui o regresso do Festival do Amor (Junho) e novos festivais, como o «One Man Band» (Maio) e o «PoetryBox» (Setembro), e eventos, como o «Alentejo das gastronomias mediterrânicas», a «Beja Wine Night» (Julho) e a Vinipax (Outubro).
Os musicais infantis «Babiruxa» (Maio) e «O Feiticeiro da Neve» (Novembro) e a Bienal Internacional de Teatro para a Infância e Juventude (Outubro) são alguns dos eventos para os mais novos da programação, que inclui ainda sessões de cinema e espectáculos de teatro e de revista.

Fonte:Alentejano Popular

Lúcia Moniz na Gala Eusébio

Gala Eusébio (fotos)




Fonte:Caras e Fama.sapo

sexta-feira

Diários da Operação Triunfo



Não percam no Sábado a gala final da Operação Triunfo com a nossa Lúcia como convidada especial.

quinta-feira

Maternidade Episódios (fotos)

Episódio 1
Episódio 2
Episódio 3
Episódio 4 e 5

Apresentação de Maternidade (fotos)















Fonte:Hardmusica, Diário de Notícias, SP Televisão e Jornal de Notícias

Lúcia Moniz edita novo disco em Abril


‘Fios de Luz’ é o título do novo disco de Lúcia Moniz e tem lançamento agendado para Abril. A artista regressa à música, passados sete anos sem ter gravado um álbum.

“Considero um disco cru e com uma sonoridade muito natural, no qual algumas imperfeições estão perceptíveis, para que não perdesse certas características humanas”, explica Lúcia Moniz ao Expressões Lusitanas, à margem da apresentação de ‘Maternidade’ (RTP 1), série em que a artista é personagem principal.

‘Fios de Luz’ é também um “encontro de letras com mensagens positivas”. “Não há uma única letra que encoraje alguém a desmoralizar ou a sentir que está tudo perdido”, detalha. O português e o inglês vão conviver no novo trabalho.

O novo disco de Lúcia Moniz, que quebra um jejum de sete anos, está previsto sair em Abril. Um mês antes, Lúcia Moniz “espera” que o tema de apresentação “esteja já cá fora”.

Ainda antes, no dia 25 Fevereiro, a artista vai realizar um concerto no Centro Cultural Olga Cadaval, em Sintra. Os temas do novo disco vão estar em pano de fundo, numa data em que o álbum ainda não está disponível para o público. “Mesmo assim, quem se sentar naquelas cadeiras vai poder ouvir o disco pela primeira vez. É uma espécie de bombom”, refere.

O novo trabalho discográfico vai ser editado pela Sony Music.


Fonte:Expressões Lusitanas


Ps:E com este é o post 1000 no blog obrigada a todos!

VIP.pt - LÚCIA MONIZ de regresso à televisão e com novo disco




Actriz integra o elenco da série “Maternidade” e recorda o momento em que foi mãe LÚCIA MONIZ de regresso à televisão e com novo disco
Publicado: Quarta-feira, 19 de Janeiro de 2011 às 15h56m


O regresso de Lúcia Moniz à televisão está para breve. A actriz e cantora é a protagonista da nova série da RTP, Maternidade, que estreia brevemente. Lúcia encarna Madalena Valente, uma médica obstetra que vê a sua vida alterar-se completamente, após ter começado a trabalhar numa clínica que tem os dias contados até ao encerramento. “Foi uma participação muito fervorosa e muito especial. Foi a primeira vez na minha vida que fiz de médica. Acho que nem em criança costumava brincar aos médicos. Foi muito interessante fazer este trabalho”, começa por dizer.

De forma a sentir na pele aquilo que uma médica obstetra faz, a actriz conta que tanto ela como toda a equipa, foram submetidos a uma preparação específica. “Fomos a vários hospitais e tivemos noções técnicas de como manusear instrumentos hospitalares, nomeadamente aprender a calçar luvas e a saber lidar com os momentos de maior stress. No decorrer das gravações tivemos sempre uma médica, que nos orientava e nos corrigia, bem como nos dava dicas para que as cenas fossem mais credíveis”, explica a actriz.


Para Lúcia, o facto de já ser mãe não veio facilitar este trabalho, mas fez com que relembrasse os tempos que estava grávida de Júlia, hoje com seis anos. “Houve situações em que estava a fazer um parto e me revia no papel da mãe, naquilo que ela está a passar. Revi-me na altura em que tive contracções e em tudo aquilo porque passei na hora do parto”, descreve, destacando o cariz educacional que a nova série da RTP também pode ter. “É uma produção para a minha filha ver. Tenho a certeza que ela vai gostar de ver a série e assim também lhe posso explicar as coisas que possa não entender.”


A viver uma boa fase, a par da representação, Lúcia Moniz tem um novo disco na forja. chama-se 'Fios de Luz' e está previsto para sair em Abril. O primeiro single sairá em Março e em Fevereiro será apresentado. É em português, com algumas músicas em inglês. Não resisti, gosto muito de cantar em inglês”, confessa, animada.

Fonte : Vip


RTP 1 estreia “Maternidade” no final do mês



RTP 1 estreia “Maternidade” no final do mês


Algum do elenco de ‘Maternidade’ emocionou-se ao ver um trecho de imagens da série; do lado direito está o director de programas da RTP, José Fragoso


As gravações da nova série de ficção da RTP 1 tiveram lugar durante o verão do ano passado. Passado este tempo, ‘Maternidade’ vai dar à luz no domingo, 30 de Janeiro, substituindo “Pai à Força”. Lúcia Moniz assume o papel de protagonista.




Face a uma equipa de profissionais “desmotivados” e “sem forças para lutar” contra o encerramento da maternidade, Madalena (Lúcia Moniz) vai ter a “árdua tarefa” de lhes “devolver o brio profissional” e transformar a unidade hospitalar numa “instituição de referência”, refere o comunicado da RTP sobre a série, a que o Expressões Lusitanas teve acesso.



Lúcia Moniz vai desempenhar o papel de obstetra e, para tal, necessitou de preparação. O elenco foi “a vários hospitais e teve algumas noções técnicas, como, por exemplo, saber manusear os instrumentos ou calçar as luvas”, explica a actriz no decorrer da apresentação de ‘Maternidade’, esta segunda-feira, em Lisboa.



Uma profissional de saúde acompanhou as gravações e, quando necessário, “orientava” e “corrigia” para que as cenas “fossem mais credíveis”, acrescenta Lúcia Moniz.



Entre outros, a actriz vai contracenar com José Fidalgo, que recentemente assinou um contrato de exclusividade com a SIC. “É uma nova etapa e há uma mútua vontade de trabalhar. Os projectos a longo prazo que me apresentaram [SIC] são motivadores”, justifica.



Todavia, o actor adianta que ‘Maternidade’ foi “um dos melhores trabalhos” que fez até hoje, sobretudo “a nível de elenco, equipa técnica e de promoção”.



“Quando começámos a gravar tivemos a noção de que, para apresentar um bom produto, tínhamos de trabalhar em equipa. A série tem cenas muito próximas das pessoas. Tocam a todos, porque a maioria dos espectadores são pais ou mães”, esclarece José Fidalgo.



A apresentadora e modelo Isabel Figueira regressa à representação e considera ‘Maternidade’ uma série que abordar a “componente humana”. “Retrata as vidas complicadas de muitas mulheres grávidas, desde a violência doméstica ao medo de perderem os filhos durante a gravidez ou mesmo no nascimento”, afirma.



Concentrada na apresentação do renovado “Top +”, Isabel Figueira confidencia aos jornalistas ir frequentar um curso intensivo de representação, dança e canto, promovido pela Plural Entertainment, empresa do grupo Media Capital, detentora da TVI.



‘Maternidade’ estreia às 19:00 de 30 de Janeiro na RTP 1 e vai substituir “Pai à Força”, série que chegou a ter audiências na casa do 1 milhão e 100 mil espectadores.



“Este horário já não mete medo a ninguém e tem demonstrado ser uma altura em que há muita gente a ver televisão”, fundamenta o director de programas da RTP, José Fragoso, para a escolha do fim da tarde para transmissão de ‘Maternidade’.



A nova série conta ainda com as participações de Patrícia Bull (Rosa Capucho), Martinho da Silva (Bruno Ferreira), Alexandre de Sousa (António Botelho), Joaquim Horta (Rodolfo Matias), Custódia Gallego (Joana Freitas), Alda Gomes (Sónia Mestre), José Mata (Gustavo Pereira), Fernando Pires (Pedro Frois), Cláudia Semedo (Teresa), Miguel Costa (Raul Valadares) e Adriane Garcia (Solange Faria).

Fonte:Expressões Lusitanas

quarta-feira

RTP - MATERNIDADE estreia dia 30 de Janeiro pelas 19:15 na RTP 1

Uma vasta equipa de profissionais luta contra o provável fecho da Maternidade e tenta transformá-la numa instituição de referência...

Madalena Valente, uma obstetra brilhante, vê-se obrigada a trocar um dos mais conceituados hospitais públicos do país, onde trabalhava, por uma maternidade privada à beira do encerramento compulsivo... Madalena Valente tem a difícil tarefa de chefiar uma equipa de profissionais desmotivados... que se deparam com dramas associados à gravidez e à experiência da maternidade.


RTP - MATERNIDADE

RTP - GALA EUSÉBIO

A homenagem ao rei "Pantera Negra"!

Assinalando a chegada de Eusébio a Lisboa há 50 anos, no dia do seu aniversário, a RTP apresenta um espetáculo/festa de encontros, reencontros, recordações e grande emoção. Ao longo do espetáculo, seremos todos convidados a rever/reviver as emoções e as alegrias que Eusébio proporcionou aos portugueses ao longo da sua brilhante carreira como futebolista e como embaixador do nome de Portugal pelo mundo fora. Associam-se a esta homenagem a Eusébio da Silva Ferreira, o Pantera Negra, várias figuras do desporto, da cultura e da política, destacando-se, entre muitas, as figuras de Artur Agostinho, Simone de Oliveira, Lúcia Moniz, Cláudia Semedo, Nelson Évora, o antigo capitão da Seleção Nacional e do Benfica, Mário Coluna ou, ainda, o Presidente da Câmara Municipal de Lisboa, António Costa. Não quiseram faltar a esta festa músicos de várias gerações e admiradores do percurso de Eusébio, entre os quais se destacam: Mariza; Tim; Camané; Anjos; António Manuel Ribeiro; Lena d’Água; Miguel Gameiro; Baile Popular; Virgem Suta ou Oquestrada. Do mesmo modo, contar-se-á com a presença bem-humorada de Maria Rueff e Herman José. O espetáculo tem lugar no Coliseu dos Recreios, em Lisboa, no dia 25 de Janeiro, pelas 22:00 horas e será transmitido em direto pela RTP1, a RTP África e a RTP Internacional. De destacar ainda o facto da TDM, Televisão de Moçambique, se ter associado a esta emissão transmitindo o espetáculo em simultâneo e em direto com a RTP.


… Quando se presta homenagem a Eusébio, o país inteiro reconhece-lhe a classe e a dimensão universal perante a qual todos se rendem.


RTP - GALA EUSÉBIO

sexta-feira

Maternidade - Site



MATERNIDADE
Já está disponível no novo site da SP Produções um micro-site com toda a informação relativa a esta serie da RTP 1 com a estreia marcada para dia 30 de Janeiro, inclusive na galeria há o trailer da serie.

domingo

RTP BLOG: «Maternidades» estreia na RTP1 dia 30 de Janeiro

«Maternidades» estreia na RTP1
“Maternidade” conta a história de Madalena Valente, uma obstetra brilhante que é obrigada a trocar um dos mais conceituados hospitais do país, por uma Maternidade privada à beira do encerramento compulsivo. À frente de uma equipa de profissionais desmotivados e sem forças para lutar contra o encerramento inevitável, Madalena terá a árdua tarefa de devolver lhes o brio profissional e a motivação para, contra tudo e contra todos, transformarem a sua Maternidade numa instituição de referência.

Ficha técnica:

Realização: Sérgio Graciano
Produção: Sofia Morais – SP Televisão
Actores: Lúcia Moniz, José Fidalgo, Patrícia Bull, Martinho da Silva, Alexandre de Sousa, Joaquim Horta, Isabel Figueira, Custódia Gallego, Alda Gomes, José Mata, Fernando Pires, Claudia Semedo, Miguel Costa, Adriane Garcia
A partir do próximo dia 30 de Janeiro na RTP1.

Fonte:Rtp-Blog

terça-feira

RESULTADO DA VOTAÇÃO: "Vingança" é a telenovela portuguesa da SIC preferida

vingança sic blog.png

A telenovela "Vingança" foi a escolhida dos leitores/visitantes do SIC-Blog como a preferida com 23.41% (147 votos). A novela foi transmitida na SIC em 2007 e foi portagonizada por Diogo Morgado e Lúcia Moniz.

"Laços de Sangue" ficou em segundo lugar com 23.09% (145 votos) e "Perfeito Coração" em terceiro com 13.38% (84 votos) .

Fonte:SIC-Blog