terça-feira

Incognito estreia em Fevereiro


Ideia: Luís Avelar e Artur Ribeiro

Argumento: Artur Ribeiro


Oficialmente, já não há filhos de “pais incógnitos”, mas para preencher o espaço em branco reservado ao nome do progenitor no registo de recém-nascidos sem pai declarado, entram ao trabalho os Procuradores e Juízes do Tribunal de Família e Menores. Esta é a história de Lúcia, Procuradora Adjunta, encarregue de averiguações oficiosas de paternidade de crianças registadas sem nome do pai, função que desempenha com uma dedicação intensa pois ela própria desconhece quem é o seu pai.
No início da história, Lúcia descobre que está grávida, mas não o diz de imediato ao seu companheiro, Frederico. A altura não é a melhor e a gravidez não foi planeada. A sua mãe, Matilde, está gravemente doente numa fase terminal de cancro, e é a ela que Lúcia conta o seu estado, o que leva a uma conversa sobre o pai desconhecido de Lúcia.
Lúcia não sabe, mas esta será a última conversa que terá com a mãe, que falece no dia seguinte, ficando no ar a incógnita da identidade do seu pai.
Enquanto lida diariamente com outros casos de paternidade desconhecida ou recusada, Lúcia, com a ajuda de Frederico, vai investigar por sua conta própria a identidade do homem da foto, na esperança de o identificar e esclarecer qual foi a sua relação com Matilde, e se poderá na verdade ser seu pai.
PRINCIPAIS PERSONAGENS

Lúcia Taveira (Lúcia Moniz)
35 anos, vive com Frederico. É Procuradora Adjunta num Tribunal de Família, e é regularmente encarregue de averiguações oficiosas de paternidade de crianças registadas sem nome do pai, função que desempenha com uma dedicação intensa pois ela própria desconhece quem é o seu pai, apesar de já ter feito as pazes com esse passado e essa incógnita. É uma mulher dedicada ao seu trabalho e defensora acérrima dos direitos dos menores. Apesar de ser uma mulher forte no seu trabalho tem um lado frágil a nível pessoal. É uma mulher por vezes angustiada e que tem tendência para complicar as questões da sua vida pessoal, ao contrário da vida profissional em que é decidida e pragmática. Sente que tem um dever de justiça para com os desfavorecidos, e ao tomar conta de tantos casos de menores e famílias no tribunal, encontra aí um substituto para uma família própria, e por isso não tem nos planos ser mãe tão cedo. Ao descobrir que está grávida vai ficar apreensiva e com dúvidas, mas o apoio do companheiro vai acabar por a conquistar para a ideia de constituir família.

Frederico Matias (Pedro Laginha)
40 e tal anos, jornalista. É uma pessoa sensível e ama incondicionalmente Lúcia. Aceita todas as suas angústias, dúvidas, e altos e baixos emocionais. Durante muitos anos trabalhou um pouco anónimo entre várias redações de jornais, mas de momento está a ganhar estatuto como jornalista de referência, assim como cronista, e passou a ser dos favoritos para entrevistar políticos e outras figuras de referência. É uma pessoa afável que conquista rapidamente os seus interlocutores. Ao mesmo tempo, é um idealista, humanista e otimista. Criativo e dinâmico, é uma pessoa que gosta de se dar bem com todos os que o rodeiam, sem que com isso deixe de ser frontal e pragmático.

Gustavo Ferreira – (Guilherme Filipe)
Perto de 60 anos, empresário e político, casado, com dois filhos, é apontado como candidato a futuro primeiro-ministro e, apesar de ser independente, acaba por ter o apoio de um partido. Apresenta propostas inovadoras e é um favorito dos opinion-makers do país. Contudo, uma suspeita de envolvimento num caso de corrupção que se encontra em julgamento vai pôr em causa a sua eleição, embora ele se afirme inocente e vítima de uma difamação para perder votos. No passado, fez parte de um movimento armado de extrema-esquerda, e durante esse período viu-se envolvido em algumas situações que o levaram a fugir do país, tendo ir estudar para Londres. É culto e gosta de ler, tendo como sua empresa favorita uma editora de livros, que dá prejuízo mas que lhe traz alegria.  


Lista dos 12 telefimes:
Janeiro -"A Príncesa"
Fevereiro-"Incógnito"
 Março-“Bullying” - Jogos Cruéis
 Abril - Emigração
Maio – Endividamento Familiar
Junho – Velhos São Os Trapos (Abandono de Idosos)
Julho – O Primogénito (Doenças Raras)
Agosto - Insegurança
Setembro – Mudar de Vida
Outubro – Violência Doméstica
Novembro – Encosta-te a Mim (Toxicodependência)
Dezembro – Solidão

Fonte:RTP


segunda-feira

"O Que as Mulheres Querem" – 28 de Janeiro





Sinopse: Pedro é um advogado especialista em divórcios, partilhas, poder paternal e todas as disputas e quezílias domésticas inerentes ao afastamento de duas pessoas, que em tempos se amaram, mas hoje não se suportam. Solteiro por opção e com testemunhos diários de que o compromisso não vale a pena, Pedro divide mesas, torradeiras e televisões com a convicção de que, a ele, nunca o vão apanhar num situação daquelas. Mas se há lição que não vem nos livros de direito, é que no amor não há certezas absolutas. Pedro só vai perceber isto, quando Inês voltar a entrar e revolucionar a sua vida e a forma como vê
as mulheres. Para tentar conquistá-la, Pedro vai ter de aprender primeiro o que querem as mulheres.
Elenco: Pedro (Marco Delgado), Inês (Lúcia Moniz), Sofia (Sofia Ribeiro), Amélia (Amélia Videira), Patrícia (Sofia Aparício)
Autoria: Andreia Vicente, Alexandre Castro
Realização: Jorge Queiroga

TVI 28 de Janeiro pelas 22:45

Fonte:ATelevisão

sexta-feira

MTV PLAY LOVE 2012

Dia 11 de fevereiro a MTV Portugal “espalha” o amor e coloca casais à prova, nos Armazéns do Chiado, em Lisboa.



Em antecipação ao Dia dos Namorados, a MTV Portugal e os Armazéns do Chiado reservam uma tarde muito especial, em que o romantismo vai reinar. Acompanhado da melhor música nacional, com atuações dos artistas MTV Linked Pela Música Mia Rose, Lúcia Moniz e Mikkel Solnado, o já mítico “MTV Play Love” regressa aos Armazéns do Chiado, em Lisboa, pelo quarto ano consecutivo, já no próximo dia 11 de fevereiro, das 14 às 18 horas, no 5º piso daquele centro comercial.

A MTV Portugal desafia-te a subir ao “palco do amor”, para mostrares a tua veia romântica nas várias provas que preparámos para esta edição do “MTV Play Love - Lover’s Challenge”. O romance vai andar no ar, mas é no palco que a batalha promete ser renhida. No “MTV Play Love”, tal como no amor, não há espaço para preconceitos e o mais importante é deixar fluir o “Valentim” que há em cada um de nós e, em frente às câmaras da MTV Portugal, dar provas de que mereces o título de grande romântico.

Para este ano estão reservadas várias surpresas e muitos prémios. Um casal será consagrado com o grande prémio: uma noite romântica no Hotel do Chiado, com direito ao cocktail de boas vindas “Chiado Lovers” e um jantar “Sugestão do Chef”.

Se o título de "romântico" te serve como uma luva vem participar no “MTV Play Love - Lover’s Challenge”!!


Fica a lista de atuações do “MTV Play Love 2012”:

14.00: Mia Rose | Artista MTV Linked pela Música

  Mia Rose

A cantora de ‘Let Go’ e ‘Hold Me Now’ será a primeira a subir ao palco do “MTV Play Love”.


16.00: Lúcia Moniz | Artista MTV Linked pela Música

  Lúcia Moniz

A nossa cantora-atriz favorita tem presença assegurada no “MTV Play Love”, onde deve apresentar temas do álbum mas recente, “Fio de Luz”.


17.30: Mikkel Solnado | Artista MTV Linked pela Música

  Mikkel Solnado

O autor de ‘Back To Life’ e ‘We Can Do Anything’ também atuará nesta edição do “MTV Play Love”. O músico MTV Linked continua a apresentar “It's Only Love Give It Away”, o álbum de estreia.

MTV PLAY LOVE com o apoio de:
- Armazéns do Chiado
- Preservativos Control
- Hotel do Chiado

Fonte:Mtv Portugal

Filmes TVI estreiam sábado com «Intriga Fatal»

Tem estreia marcada este sábado o projecto Filmes TVI. São 26 telefilmes portugueses que envolvem cerca de 200 actores, caras muito conhecidas de todos nós.

Os filmes serão exibidos na TVI à razão de um por semana. Este sábado estreia «Intriga Fatal», uma história imprevisível que tem Maria João Bastos e Albano Jerónimo nos papéis principais.

Lista dos 26 filmes:

Noiva Procura-se
O Par Ideal
112
O Pacto
Os Abutres
Ela por Ela
A Primeira Dama
A Casa das Mulheres
Jogo Duplo
Pequeno Desvio
O que as Mulheres Querem
Síndrome de Estocolmo
Vidas (des)Enrascadas
Não desistas de mim
Juntos até Morrer
Intriga Fatal
Amor SOS
O dia em que a minha vida se tornou um Reality-Show
Regra dos Três
O Profeta
A mãe do meu filho
Aguenta Tratamento
Vestida para Casar
Órfão do Passado
O Outro lado da Mentira
O Madeireiro
 
Fonte: TVI 24

Lúcia Moniz, a procuradora-adjunta



Lúcia Moniz e Pedro Laginha numa das cenas de Incógnito Cortesia da Plural

Filmagens de telefilme RTP

As filmagens do próximo telefilme da RTP1, Incógnito, estão a decorrer no Campus da Justiça, em Lisboa. Entre o soar da claquete e figurantes em trânsito, o Life&Style encontrou os protagonistas da história - Lúcia Moniz, Pedro Laginha e Adelaide Ferreira -, que se mostraram satisfeitos com o trabalho e falaram sobre os projectos para 2012.
Lúcia, o papel desempenhado por Lúcia Moniz, é uma procuradora-adjunta, que diariamente trata casos de averiguação de paternidade, quando ela própria desconhece a identidade do seu pai. A história desenrola-se a partir daqui, com um texto da autoria de Artur Ribeiro, que é também o autor da recente estreia Noite de Paz. Incógnito é o quinto telefilme de uma série que marca o regresso deste formato à televisão pública. O projecto está a ser desenvolvido pela RTP, em colaboração com a produtora Plural, que até aqui trabalhava exclusivamente para a TVI.
Naquelas que foram as primeiras cenas de exterior a serem rodadas, o Campus da Justiça, em Lisboa, foi o local escolhido para o desenrolar da acção. A equipa, sob coordenação do realizador Jorge Queiroga, movimenta-se ao ritmo de cada take - é preciso retocar a maquilhagem dos actores, reposicionar as câmaras, organizar os figurantes e segurar a perche com firmeza.
A cada intervalo, uma oportunidade para falar com os protagonistas do horário nobre. Para Lúcia Moniz, passar de médica, na série Maternidade, a procuradora, implicou aprender "outros termos técnicos". A actriz e cantora mostrou-se satisfeita com a aposta no género telefilme e confortável no papel para o qual foi convidada. Para o novo ano, ficaram por desvendar os projectos na área da representação, mas sem novidades no que toca à cena internacional. Os concertos, esses estão garantidos.
Com planos musicais estão também Pedro Laginha e Adelaide Ferreira. O actor, que dá vida a Frederico, está a preparar bum novo disco dos Mundo Cão e o primeiro single deverá chegar antes do Verão, enquanto a cantora, que se estreia no formato com a personagem Verónica, segue na divulgação do disco "Esqueço-me de Te Esquecer", editado em Dezembro, com três concertos agendados já para este mês.
O telefilme Incógnito não tem ainda data prevista para ser emitido, mas as rodagens terminam esta semana.

Fonte:Life&Style_Público

domingo

Uma história povoada por filhos de ‘pais incógnitos’


Os actores, ambos ligados à música, interpretam Lúcia e Frederico

Plural grava 'Incógnito' para a RTP1

Uma história povoada por filhos de ‘pais incógnitos’

Lúcia Moniz e Pedro Laginha lideram elenco de telefilme da TV pública realizado por Artur Ribeiro



Lúcia, procuradora-adjunta, encarregue de averiguações oficiosas de paternidade de crianças registadas sem nome do pai, é a personagem central de "Incógnito", o segundo telefilme, de um total de 13, feito pela Plural (produtora das novelas da TVI) para a RTP.
A actriz Lúcia Moniz assume o papel principal da trama, onde a sua personagem também desconhece a identidade do pai, e faz-se acompanhar por um elenco dominado por actores ligados à música – Adelaide Ferreira e Pedro Laginha (dos Mundo Cão), entre outros. As gravações do telefilme, a que a Correio TV teve oportunidade de assistir, decorreram nas duas últimas semanas, em pleno Campus de Justiça, no Parque das Nações, em Lisboa, e chamaram a atenção de muitas das pessoas que por ali passavam. Para os actores foi uma oportunidade de experimentar um formato pouco explorado em Portugal, o telefilme.
"Estou muito feliz por interpretar esta Lúcia, que não tem nada a ver com a minha Lúcia", diz Lúcia Moniz à Correio TV, actriz que esteve também a gravar recentemente a segunda temporada de ‘Maternidade’, que deverá estrear nos próximos meses na RTP. Também Pedro Laginha se revelou feliz com a oportunidade de trabalhar neste projecto. "Só é pena não podermos ter um bocadinho mais de tempo para fazer as coisas", conclui.

Estreia o espectáculo A Princesinha

Fonte:Lux

sábado

RTP prepara telefilme "Incógnito"

RTP prepara telefilme "Incógnito"


Habituada a trabalhar com casos de averiguação de paternidade através das suas funções como Procuradora Adjunta num Tribunal de Família e Menores, Lúcia vê-se deparada com situação semelhante na sua vida pessoal. Também ela filha de pai incógnito, a personagem interpretada por Lúcia Moniz decide então em virtude das circunstâncias fazer os possíveis para descobrir quem é o seu pai.
Esta é a base do argumento de “Incógnito”, o novo telefilme da RTP que começou a ser gravado no dia de hoje, 06 de Janeiro, nas imediações do Campus da Justiça, em Lisboa. Protagonista da história e apaixonada assumida pelo cinema, Lúcia Moniz mostra-se satisfeita por representar num “estilo de realização que já tem alguma linguagem cinematográfica”. Quanto ao seu papel, a actriz e cantora justificou o seu entusiasmo pelo facto de gostar de “fazer coisas diferentes e desafiantes”.
Numa produção em parceria com a Plural, “Incógnito” tem ainda no seu elenco nomes como Pedro Laginha, Adelaide Ferreira, Jorge Oliveira e Joana Cotrim. A data de exibição em televisão ainda não está definida.



Fonte:Hardmúsica

Morreu o maestro Pedro Osório




O maestro e compositor Pedro Osório, natural do Porto, morreu no dia 05 de Janeiro, em Lisboa, no Hospital de São Francisco Xavier, onde deu entrada no dia 04, disse à agência Lusa fonte próxima da família.
O corpo do maestro e compositor vai ser velado sexta-feira na Sociedade Portuguesa de Autores (SPA) em Lisboa, e seguirá depois para o Porto, disse a mesma fonte.
Orquestrador, chefe de orquestra, director musical, compositor, Pedro Osório, nascido em 1939, trabalhou com vários artistas do panorama nacional, nomeadamente Sérgio Godinho, Fernando Tordo, Carlos do Carmo, Carlos Paredes, Rui Veloso, Carlos Mendes, Herman José, Lúcia Moniz ou Xutos & Pontapés.
Figura regular dos Festivais RTP da Canção, que venceu várias vezes como autor e orquestrador, e autor de vários musicais dos casinos Estoril e Póvoa de Varzim, Pedro Osório optou pela carreira musical quando terminava a licenciatura em engenharia mecânica.
Entre outras distinções, em 1982, recebeu o Prémio da Crítica pela composição para a peça “Baal”, de Bertolt Brecht.
Foi dirigente do Sindicato Nacional dos Músicos e fez parte da organização do I Congresso Nacional dos Músicos em 2003. De 2003 até Janeiro de 2011 foi membro da administração da SPA, estando actualmente no grupo do fado.
Em 1994, o Presidente da República Mário Soares condecorou-o com o grau de comendador da Ordem do Infante D. Henrique, tendo recebido posteriormente a Medalha de Ouro do Concelho de Oeiras e a de Mérito da Sociedade Portuguesa de Autores.
Já este ano, o Ministério da Cultura agraciou-o com a Medalha de Mérito Cultural e o Presidente da República, Aníbal Cavaco Silva, condecorou-o com a comenda da Ordem da Liberdade.
Pedro Osório, que também se dedicava à escrita de obras de música sinfónica, algumas das quais já executadas em público, lançara recentemente o livro “Memórias irrisórias com algumas glórias”.
Fonte:Hardmúsica

A equipa do blog presta a homenagem e este grande músico com uma canção do seu último albúm que ilumina o nosso céu!

quarta-feira

Troféus TV 7 Dias

 A lista dos nomeados para os Troféus TV 7 dias já é conhecida.
A série Maternidade da RTP e a Lúcia Moniz estão nomeadas para melhor série e melhor actriz-série respectivamente.
Por isso malta toca a votar na nossa estrela ;)
Votação


terça-feira

The Top 250 Eurovision Songs of 2011

 The users at the best Eurovision Radio on the web, ESCRadio, have voted for their favourite Eurovision songs in 2011.
Top 250 songs of eurovision all time, Portugal has 5 entries there, and they are:

226. Flor-de-Lis – Todas As Ruas Do Amor (Portugal 2009)
203. Lúcia Moniz – O Meu Coração Não Tem Cor (Portugal 1996)
127. Simone De Oliveira – Desfolhada Portuguesa (Portugal 1969)
111. Dulce Pontes – Lusitana Paixão (Portugal 1991)
18. Vânia Fernandes – Senhora Do Mar (Negras Águas) (Portugal 2008)

All Top » HERE