segunda-feira

"A Cor dos Dias" - fotoreportagem









Vi e adorei!
Excelentes representações!

quinta-feira

Sexta à noite

Amanhã, a Lúcia vai estar no programa do Malato. Por volta das 22:30.

segunda-feira

RIR - Sunset

Ricardo Azevedo e Lúcia Moniz
18h15

sexta-feira

Dia do Pai



As Vozes de Abril

As "Vozes de Abril" são cantores, músicos, poetas, escritores, actores e artistas plásticos cujas obras sempre expressaram os valores da liberdade e da democracia.



A gala "Vozes de Abril" é um programa / espectáculo destinado a prestar homenagem a todos aqueles que através do seu contributo artístico ajudaram a criar condições para que a liberdade fosse conquistada para o nosso país.

Contudo esta gala não é uma melancólica e saudosista revisitação do passado.Não é uma romagem de saudade cuja mensagem só envelheceria os ideais de Abril. É por isso que o programa / espectáculo passará pelo antes do 25 de Abril e partirá rumo ao futuro.

Intervêm, entre outros, os seguintes intérpretes: Lua Extravagante (com Vitorino, Janita Salomé e Filipa Pais), José Mário Branco, Francisco Fanhais, José Barata Moura, Manuel Freire, José Jorge Letria, Brigada Victor Jara, Estudantina de Lisboa, Lúcia Moniz, José Fanha, Maria Barroso, Manuel Alegre, Raul Solnado, Patxi Andion, e um grupo de bailado coreografado por Marco de Camillis.

A Autoria é de Júlio Isidro, Carlos Alberto Moniz, José Jorge Letria, Hélder Costa e Raul Calado e a Produção Criativa e Artística da Associação 25 de Abril. Uma Homenagem às Vozes de Abril.

quinta-feira

Casos da Vida - A Cor dos Dias (Sinopse)

"É incrível como, em apenas uma fracção de segundo, as nossas vidas podem mudar."
Joana sofre um acidente brutal de carro e dá entrada no bloco operatório! Na sala de espera, Vitória aguarda com a angústia de uma mãe que não pode fazer nada pela sua filha. O ex-marido, Manuel transparece o incómodo que sente face à cumplicidade de Vitória com Jorge, o seu novo namorado. Alheia aos ciúmes que o jovem despoleta no ex-marido, Vitória apenas pensa no que será da sua vida se perder o seu bem mais precioso: a filha! Mónica, irmã de Joana, abraça a mãe e afirma peremptoriamente que isso não vai acontecer. Nesse sonho, João, o ex-namorado com quem partilha uma história de amor de seis anos, faz troça de Mónica e vira-lhe as costas acompanhado de uma mulher que, com um boneco nos braços, lhe sorri com maldade. Ao acordar em sobressalto, Mónica recebe de Vitória a novidade tão esperada: a operação de Joana correu bem! Há um mês atrás, João cegou de um olho e ficou a saber que sofria da doença de "Eales", de causa indeterminada, para a qual não existe tratamento curativo específico. Ao ouvir um médico dizer que o mais provável seria cegar subitamente do outro olho, João pensou em Mónica e as lágrimas escorreram-lhe pelo rosto. Nesse mesmo dia, Mónica anunciou a Joana que estava grávida! Questionada sobre o que a levou a sair de casa de um dia para o outro, Joana disse que, dessa forma, a mãe teria mais espaço para viver com o namorado. Joana insistia em reclamar que o pai amava a mãe mas Mónica conclui que quem ama não trai, como Manuel traiu Vitória. Mónica deixa bem claro que jamais perdoaria uma traição! Num misto de egoísmo e altruísmo, João põe um ponto final na relação dizendo a Mónica que a trai e a amante está grávida!
Ao relembrar este episódio da sua vida, Mónica prepara-se para revelar à mãe um segredo, acerca do dia em que foi abandonada por João, mas é interrompida pelo pai que lhe diz que Joana já acordou e quer falar com ela! Enquanto Mónica vai falar com Joana, Manuel confessa a Vitória que está sempre a pensar nela e que está disposto a esperar por uma oportunidade.
Um ano antes, Vitória confrontou o marido com o facto dele ter uma amante e pediu o divórcio. Com as malas à porta, Manuel assumiu-se como uma pessoa depressiva, vazia e infeliz que não suportava o contraste com a perfeição da esposa. Manuel saiu e a expressão dura de Vitória deu lugar às lágrimas.
No quarto do hospital, Joana conta a Mónica tudo o que aconteceu na noite em que teve o acidente. Nessa noite, enquanto a família jantava na sala, Joana não resistiu às provocações do namorado da mãe e beijou Jorge! Para evitar qualquer confronto, Joana saiu disparada de carro mas despistou-se quando algo lhe chamou a atenção na rua: João cego a ser amparado pela mãe! Mónica diz à mãe que João não lhe mentiu e acaba por se descair ao revelar que nem chegou a dizer ao namorado que estava grávida pois não sabia se queria ter um filho de uma pessoa que pensava nem conhecer. Vitória conclui que Mónica deve ter sofrido muito ao carregar o segredo da gravidez e pergunta à filha onde foi abortar. A mãe de João, Irene, conta a Mónica que o filho perdeu o emprego e está a reaprender as actividades da vida diária. Será que o amor que Mónica sente por João é suficientemente forte para o perdoar e viver com ele sabendo da sua nova condição como invisual? Sabendo que ele lhe mentiu e que essa mentira a levou a abortar? Será que ela foi mesmo capaz de abortar?
Uma semana depois, Joana tem alta do hospital e regressa para casa da mãe.
Vitória desconfia que está grávida. Se este diagnóstico se confirmar, deverá manter a criança apesar da sua idade? Será ela capaz de viver com outro homem e em paz com a sua consciência sabendo que ainda ama o ex-marido?

Elenco
Lúcia Moniz - Mónica
José Fidalgo - João
Mafalda Pinto - Joana
Igor Sampaio - Manuel
Alexandra Leite - Vitória
Filipe Vargas - Jorge
Maria José Pascoal - Irene


Fonte

segunda-feira

Paulo Gonzo convida Lúcia MONIz

Concerto musical “Paulo Gonzo convida Lúcia Moniz”.(7 maravilhas edp)
Data: 18 de Abril.
Local: Castelo de Guimarães
Horários: 22 horas
Preço: bilhetes à venda no Paço dos Duques

Preço:15 a 20 euros

Fonte: viver em guimarães

sexta-feira

Num país chamado simone

O Coliseu dos Recreios é palco de um espectáculo em homenagem a Simone de Oliveira, numa altura em que celebra 50 anos de carreira


O Coliseu dos Recreios é palco de um espectáculo em homenagem a Simone de Oliveira, numa altura em que celebra 50 anos de carreira.
"Num País Chamado Simone" é o mote para um espectáculo, que conta a história de um país, narrada na terceira pessoa do singular.
Este grandioso espectáculo tem um elenco de luxo: Anabela, Carlos Quintas, Coro Gospel de Lisboa, Mariza Pinto, Dulce Pontes, Henrique Feist, Lara Li, Lúcia Moniz, Madalena Iglésias, Pedro Abrunhosa, Pedro Moutinho, Ruben Garcia, Vítor de Sousa e Wanda Staurt. A encenação é da responsabilidade de Fátima Bernardo e de Henrique Feist. A direcção musical está a cargo de Nuno Feist.

Domingo 23 de Março - 21:30 na RTP 1 e RTP internacional

segunda-feira

Concertos da Lúcia com Dr1ve


Aqui fica a primeira data:

Está aí a segunda edição do Arena Rock agora denominado como Arena Best Rock, o maior concurso ibérico de bandas.
No ano passado contou com a participação de bandas oriundas de vários Países, tais como: Portugal, Brasil, Espanha, Estados Unidos da América e Argentina.

O cinema São Jorge – Lisboa, acolhe os 6 projectos finalista de um total de 24 bandas participantes.
Para ajudar ainda mais à festa a animação e apresentação esta a cargo da dupla comediante do momento: Quim Roscas e Zeca Estacionâncio.
No final esta prevista actuação dos padrinhos deste ano Lúcia Moniz e os Dr1ve, na apresentação do novo tema e Tour de 2008.




Dia 19 de Abril de 2008 - CINEMA S. JORGE - Sala 1 - Lisboa

Entrada: 8,00€

Início do Evento : 22h00




Fonte :Myspace Dr1ve

quarta-feira

Cantoras portuguesas unem-se na sensibilização para o cancro do colo do útero

“Passa a Palavra”, realiza amanhã, no lounge do Casino de Lisboa (Parque das Nações), o evento de lançamento do disco inédito “Mulher Passa a Palavra” no âmbito da campanha de educação e sensibilização para o cancro do colo do útero.

Com a presença de Dulce Pontes, Rita Guerra, Adelaide Ferreira, Lúcia Moniz, Nancy Vieira, Jacinta, Claud, Joana Pessoa, entre outras, a Liga Portuguesa Contra o Cancro, no âmbito da campanha de educação e sensibilização para o cancro do colo do útero - “Passa a Palavra”, realiza amanhã, a partir das 18h30, no lounge do Casino de Lisboa (Parque das Nações), o evento de lançamento do disco inédito “Mulher Passa a Palavra”.

Este é um projecto discrográfico que reúne temas de 17 artista nacionais (Adelaide Ferreira, Claud, Dulce Pontes, Jacinta, Joana Pessoa, Katia Guerreiro, Lúcia Moniz, Mafalda Arnauth, Manuela Azevedo, Mafalda Veiga, Teresa Salgueiro, Susana Félix, Xana, Nancy Vieira, Maria João, Rita Guerra e Ana Moura) e uma versão inédita do tema Woman, de John lennon, cantado por todas as participantes.

Parte significativa das receitas resultantes da venda do disco reverterão para a Liga Portuguesa Contra o Cancro para apoiar o combate ao cancro do colo do útero e desenvolver acções de prevenção e sensibilização nesta área.


Fonte: Destak.pt

Lúcia Moniz de volta

Lúcia Moniz está de regresso à música


Depois de algum tempo afastada das edições discográficas, durante o qual investiu na sua carreira de actriz, a cantora uniu-se à banda Dr1ve e gravou a música 'A Wish', que chega este mês às rádios e televisões nacionais.

Trata-se do tema principal da banda-sonora de "Escritora Italiana", um filme de André Badalo, protagonizado por Nicolau Breyner, Simone de Oliveira, Diogo Morgado, João Raposo e a própria Lúcia Moniz. A película estreia em breve no Reino Unido e, posteriormente, em Portugal.

Entretanto, Lúcia Moniz e o trio de Santa Maria da Feira estão a preparar uma digressão nacional, com início marcado para o próximo mês de Abril.

Paralelamente, a cantora de 'Chuva' encontra-se a trabalhar no seu quarto disco de originais, que sucede a "Magnólia" (1999), "67" (2002) e "Leva-me Pra Casa" (2005).

Fonte : Cotonete