Mensagens

A mostrar mensagens de 2018

Tu de Quem És? ● Lúcia Moniz e Miguel Damião

Imagem
TU DE QUEM ÉS?
Lúcia Moniz e Miguel Damião

/
“Tu de quem és?” é um espetáculo insular, feito por açorianos (1 ator e 1 dramaturgo micaelenses, 1 atriz e 1 dramaturgo terceirenses) e pretende desvendar a bruma atlântica e revelar um pouco da identidade insular, do que é isto de ser-se ilhéu? 

Partindo da biografia e, portanto, de memórias e experiências pessoais dos atores, cria-se dispositivo cénico que revisita essa realidade pelo olhar jovem e também crítico de quem nasceu no meio do Atlântico, foi viver para terra “firme”, teve outras vivências, outros conhecimentos, mas que volta sempre, seja de corpo presente, seja em pensamento… Procura-se que o público, identificando-se com a peça, contribua para uma interação que se deseja, desafiadora, divertida e ousada. Pretende-se, em última análise, enaltecer os Açores como lugar especial e inspirador.

Atores | Lúcia MonizMiguel Damião
Dramaturgos | Nuno Costa Santos, Alexandre Borges
Assistente de encenação/produção | Cláudia Gaiolas
Desenho d…

SIC tem nova aposta para as tardes

Imagem
A partir do dia 18 de junho, a SIC vai apresentar uma novidade nas suas tardes de segunda a sexta-feira. Com o final de “Sol de Inverno” a aproximar-se, a estação vai apostar em mais uma novela. “Coração D’Ouro” é a trama que se segue e vai ocupar o meio da tarde da SIC nos próximos meses, ocupando depois o lugar de “Sol de Inverno”. Escrita por Pedro Lopes, a novela contou com Rita Blanco e Mariana Pacheco como protagonistas. A estreia aconteceu a 7 de setembro de 2015 e terminou 24 de setembro de 2016. Dois anos depois, “Coração D’Ouro” volta a ser aposta da SIC, desta vez para as 17h. O reposição arranca já na segunda-feira, 18 de junho. Recorde-se que a novela está em exibição na SIC pelas 12h30. “Coração d´Ouro” conta a história de Maria (Rita Blanco), disposta a todos os sacrifícios pela filha Catarina (Mariana Pacheco). E o sacrifício mais doloroso começa quando António (João Perry), um antigo patrão de Maria, sabendo-se no fim dos seus dias e querendo repor alguma justiça, de…

Walk&Talk: “mais responsável” junta 80 artistas em São Miguel

Imagem
Oitava vida do festival Walk&Talk vai juntar 80 artistas em São Miguel. A Anda & Fala, associação que organiza o evento, antecipa uma edição festiva e responsável, num ano em que contou com o apoio da Direção-Geral das Artes



A oitava edição do Walk&Talk vai decorrer de 29 de junho a 15 de julho e, este ano, o festival regressa “mais festivo” mas também “mais responsável” a São Miguel, juntando cerca de 80 artistas de várias geografias e de diferentes correntes artísticas na ilha.  “Participam no festival à volta de 80 artistas e, olhando à equipa, aos programadores e curadores que também vêm, estamos a falar de cerca de 120 pessoas”, deu conta o diretor artístico do festival, Jesse James, aos órgãos de comunicação social, após a apresentação pública da programação do evento, que teve esta terça-feira lugar no Teatro Micaelense. Significa isto que a oferta em cartaz não aumenta por comparação à anterior edição, mesmo com a ‘boa notícia’ do apoio de 130 mil euros concedido …

Vem aí um filme sobre a vida e obra de António Variações

Imagem
"Variações" conta a história do artista entre 1977 e 1981. O elenco é composto por Victória Guerra, Lúcia Moniz e Sérgio Praia











João Maia assume o papel de realizador e a autoria do guião





Se até aqui eram usadas algumas das canções mais conhecidas de António Variações para a banda sonora de alguns filmes, desta vez a história inverte-se. A vida e obra do artista dava um filme. E é isso mesmo que vai acontecer, estando já confirmada uma produção portuguesa com as gravações a serem iniciadas ainda este verão.


A história do filme vai passar-se entre 1977 e 1981, no período exato em que Variações regressou de Amesterdão, onde se profissionalizou enquanto barbeiro, depois de uma breve passagem por Londres. Foi também nesta altura em que o artista deu os primeiros concertos em Lisboa, mais especificamente no Rock Rendez-Vous e na discoteca Trumps, e se foi tornando numa figura incontornável da capital.





Sérgio Praia (“Saber Amar”), que antes já tinha vestido a personagem no teatro, com …

O musical «Quase normal» em cena no teatro da Trindade

Imagem

Greetings to Austria from Lúcia Moniz (ESC 1996, Portugal)

Imagem
Mensagem de apoio à canção da Austria à Eurovisão que conquistou um 3º lugar no certame.

Blog 13º Aniversário

Imagem
Blog 13º Aniversário

O tempo realmente voa... sem dar conta já se passaram 13 anos de conquistas, de sorrisos, de descoberta e do eterno contentamento e descontentamento.
Como brinde dos que cá vão passando aqui ficam duas covers que a Lúcia gravou com a Big Band da Nazaré, bem sabemos que ultimamente temos tido sido mais Lúcia atriz que cantora mas em breve sairá um novo álbum que faz revista dos 22 anos de carreira, cá aguardamos e divulgaremos novidades.



Campanha Quase Normal - Oferta do 2º Bilhete (16 a 20 de Maio)

Imagem

Quase Normal - Fotos (Teatro Trindade)

Imagem

Faz Sentido (SIC Mulher) “Quase Normal” 10-05-2018

Imagem

Quase Normal no Teatro Trindade (5 Maio a 3 Junho)

Imagem

Soldado Milhões com mais de 20 000 espectadores no 1º mês de exibição

Soldado Milhões entra na 4ª semana de exibição com mais de 20 000 espectadores! Para aqueles que ainda não viram (e os que querem rever!), aqui fica a lista das salas onde podem encontrar o soldado que valia milhões:

Cinemas LISBOA
UCI - Corte Inglés
Cinema City Alvalade PORTO
UCI - Arrábida GUARDA
Cineplace La Vie Guarda LEIRIA
Cinema City Leiria AVEIRO
Cinemas NOS Fórum Aveiro COIMBRA
Cinemas NOS Alma Shopping VILA REAL
Cinemas NOS Nosso Shopping VISEU
Cinemas NOS Fórum Viseu PORTIMÃO
Algarcine - Cinemas de Portimão

Outras Salas
ESTARREJA 10 Maio: Cine-Teatro de Estarreja - 21:30 RIO MAIOR
10 Maio: Cineteatro de Rio Maior - 21:30 ALANDROAL
11 Maio: Fórum Cultural Transfronteiriço de Alandroal - 21:30 ESTREMOZ
11 Maio: Teatro Bernardim Ribeiro - 21:30 SEIA
11 Maio: Casa Municipal da Cultura - 10:00 (escolas), 21:30
13 Maio: Casa Municipal da Cultura - 21:30 REGUENGOS DE MONSARAZ
13 Maio - Auditório Municipal Reguengos de Monsaraz - 16:00, 21:00 Fonte : Ukbar

“Portugal, 12 pontos”. Do melhor ao pior na Eurovisão /premium

Imagem
Este ano, Cláudia Pascoal e Isaura têm com “O Jardim” a 50.ª canção na Eurovisão. Porque a história portuguesa no festival é longa, recordamos as outras 49, das melhores às piores classificadas.

No ano passado a RTP acertou finalmente no plano para se ganhar o Festival Eurovisão Da Canção. Mas foram décadas a trabalhar duro, muitos anos seguidos a chover no molhado, anos em que nem se foi porque as prestações anteriores tinham sido más (2000, 2002, 2013 e 2016), ou porque Portugal se recusou a ir como forma de protesto contra o sistema de votação (em 1970, a canção vencedora portuguesa, “Onde Vais Rio Que Eu Canto” de Sérgio Borges, não participou). Portugal era alvo de chacota, o país com o maior número de presenças sem ganhar nada. Há recordes que se têm e que só o detentor o pode destronar. Assim foi com Salvador Sobral e “Amar Pelos Dois”. Tudo começou em 1964, 49 canções que foram à Europa, relembradas do melhor até ao pior resultado. Algumas tiveram uma classificação injusta, pa…