Mensagens

A mostrar mensagens de Setembro, 2010

Entrevista RR-Lúcia Moniz e Pedro Laginha (áudio)

Alta Definição - vídeos

MTV comemora hoje sete anos em Portugal

Imagem
MTV comemora hoje sete anos em Portugal



Para celebrar a data, a MTV organizou uma noite de música e dança que “vai primar pela irreverência e audácia”, assinalando assim o sétimo aniversário do canal no nosso país.
Entre os artistas convidados para animar a pista de dança destacam-se as presenças de David Fossi, Funkyou2, Diego Miranda, Pete Tha Zouk, Pedro Casanova e Andrea, The Bloody Bastards & Gunrose e Stereo Addiction & Heartbreakerz.

Mas outros artistas vão também passar pela festa da MTV. Nomes como Fonzie, Klepht, Moonspell, Tiago Bettencourt, Mind Da Gap, Boss AC, Os Pontos Negros, Filomena Cautela, Dino Alves, Pedro Laginha, Linda Martini, Gomo, Lúcia Moniz, Homem Mau, Lullabye já asseguraram a sua presença no evento.

Um dos destaques vai para os MTV TOYs, figuras do canal que foram costumizadas por artistas plásticos e músicos nacionais para marcar a data.
Fonte:Briefing

7º Aniversário MTV Portugal: Lúcia Moniz

A Lúcia Moniz está a gravar com os ORELHA NEGRA, candidatos ao EMA de BEST PORTUGUESE ACT 2010, mas também deu os parabéns à MTV!

Alta Definição...hoje com Lúcia Moniz

Lúcia Moniz e Pedro Laginha na Rádio Renascença hoje

Lúcia Moniz e Pedro Laginha têm passado os últimos dias no Teatro Nacional D. Maria II... mas este sábado chegam de eléctrico à Renascença!A partir das 7h, o Carlos Bastos recebe duas ilustres visitas para falar sobre "Um Eléctrico Chamado Desejo". Se ainda não viu esta peça fantástica, este pode ser o fim-de-semana ideal!

Lúcia Moniz festeja 34ºaniversário em dia de estreia - Caras

Imagem

Laços de Sangue-Banda sonora

O tema "Dizer Que Não" do albúm Magnolia faz parte da banda sonora da nova novela da SIC Laços de Sangue

5 para a meia noite - videos

Programa integral:

Video

Alguns momentos - Youtube



5 para a meia noite - fotos

Imagem

Auto do desejo-teatro-Ípsilon

Na defesa do seu texto, Tennessee Williams sugeria que não procurássemos culpados nem nos quedássemos em julgamentos sumários. Em "Um Eléctrico Chamado Desejo" não existiam bons e maus. Estaríamos perante um evidente e inevitável confronto de mundos, um progressista, construtor de uma multiculturalidade representada por Stanley Kowalski, polaco de ascendência mas "cem por cento americano", e um outro colocado à margem, decadente e elitista, hoje feito mais de fantasias do que poder, representado por Blanche DuBois, crente não na verdade mas "no que a verdade deveria ser".

As duas personagens, antagonistas, deveriam reunir os diferentes lados do debate entre evolução e conformismo e, no confronto, libertar a narrativa de um pendor moralizante.

A força maior do texto de Williams reside, precisamente, na possibilidade de avaliarmos os comportamentos não à luz das suas consequências, mas atentos às razões que levam as personagens - e por identificação os homens…

Mais fotos da peça "Um eléctrico chamado desejo"

Imagem

Um eléctrico chamado desejo-RR

Um eléctrico chamado desejo - Só Visto

Excerto da peça "Um electrico chamado desejo" - Público

Alexandra Lencastre de volta aos palcos

5 para a meia noite

Na próxima 2ª feira serão convidados de Filomena Cautela: Lúcia Moniz, Albano Jerónimo e os Pinto Ferreira na 2 no programa 5 para a meia noite. A não perder.

Rosa 10 -"Um eléctrico chamado desejo"

Imagem
Alexandre Lencastre e Lúcia Moniz em "Um Electrico Chamado Desejo"Estreia esta quinta-feira, no Teatro D. Maria II, “Um Eléctrico Chamado Desejo”. Com Alexandra Lencastre e Lúcia Moniz, a peça está em cena até 31 de Outubro. Em “Um Eléctrico Chamado Desejo”, “Blanche DuBois”, personagem interpretada por Alexandra Lencastre, dá vida a uma frágil e solitária beldade sulista que decide visitar a irmã, “Stella”, papel interpretado por Lúcia Moniz, que vive num bairro pobre de Nova Orleães.
Com a vida em declínio, “DuBois” acaba por se confrontar com o marido de Stella, “Stanley Kowalski”, cujo temperamento rude ofende e atrai a sensibilidade e educação de que é dona.
A obra de dramaturgia do século XX estabeleceu Tennessee Williams como um dos mais consagrados autores americanos. Alexandra Lencastre, Albano Jerónimo, Lúcia Moniz, Pedro Laginha, André Patrício, Estevão Antunes, José Neves, Marques D’ Arede, Paula Mora e Sofia Correia integram o elenco de “Um Eléctrico Ch…

LÚCIA MONIZ faz 34 anos no dia em que estreia “Um Eléctrico Chamado Desejo”

Imagem
“É uma prenda que qualquer actriz gostaria de receber pelo Natal e eu recebo no dia de aniversário”, diz
Lúcia Moniz comemora esta quinta-feira 34 anos, no dia em que estreia no Teatro D. Maria II a peça Um Eléctrico Chamado Desejo, na qual participa.


A actriz contracena ao lado de Albano Jerónimo, André Patrício, Estevão Antunes, José Neves, Marques d'Arede, Paula Mora, Pedro Laginha, Sofia Correia e Alexandra Lencastre, que volta nesta peça aos palcos, após 13 anos afastada das “tábuas”.


Em conferência de Imprensa, Lúcia Moniz contou que quando recebeu o convite ficou “eufórica”. “Fiquei contente, surpreendida.” Lúcia diz estar a adorar representar ao lado de nomes sonantes do teatro nacional. “É uma honra. É um privilégio enorme. Uma prenda que qualquer actriz gostaria de receber no dia de Natal e que eu recebo mais cedo, no dia de aniversário”, contou.


Cantora e actriz, Lúcia Moniz nasceu a 9 de Setembro de 1976, em Lisboa. É filha de Carlos Alberto Moniz e de Maria do Amparo. Po…

Feliz Aniversário Lúcia

Parabéns Lúcia e boa sorte para a estreia da peça de teatro logo à noite, deixo aqui a minha modesta prendinha espero que gostes :)

Um Eléctrico Chamado Desejo no D. Maria II

Metro

Imagem
Fonte:Metro

"Um Eléctrico Chamado Desejo" - Fama (fotos)

Imagem
Mais fotos em Fama.Sapo

"Um Eléctrico Chamado Desejo" (fotos)

Imagem
Mais fotos em StarLounge

Concursos e ficção são os trunfos

Canais generalistas investem na nova temporada. RTP aposta no regresso de Sílvia Alberto, SIC entrega as tardes a Conceição Lino e TVI põe Fátima Lopes a pagar contas.

RTP, SIC e TVI preparam o arranque da nova grelha. A estação pública mantém a aposta na produção nacional, assim como numa nova edição do concurso de talentos ‘Operação Triunfo’, apresentado por Sílvia Alberto. O formato deverá fazer concorrência directa a ‘Ídolos’, da SIC, que estreia a 12, domingo. A estação de Carnaxide pretende ainda reforçar a área da Informação e roubar a liderança da TVI nas novelas, com ‘Laços de Sangue’. A grande novidade, contudo, é a aposta de Conceição Lino na condução das tardes, com ‘Boa Tarde’. Na TVI continua-se a apostar forte na ficção nacional, sendo que uma das novidades da grelha é a novela de Rui Vilhena ‘Bem me Quer, Mal me Quer’. Outros trunfos da estação de Queluz de Baixo para a rentrée são o programa de Fátima Lopes e ‘Casa dos Segredos’, o regresso aos ‘reality sh…

Lencastre volta para ‘Eléctrico’

Um Eléctrico Chamado Desejo