Gala dos 30 anos celebra futuro

O Correio da Manhã nasceu há precisamente 30 anos. O aniversário é comemorado hoje à noite no Pavilhão de Portugal, Parque das Nações, em Lisboa, com a entrega de prémios a várias personalidades (ver coluna ao lado). Com apresentação de Marta Leite Castro e a presença da fadista Joana Amendoeira, esta gala terá emissão em directo no site do jornal, em www.correiomanha.pt. A reportagem detalhada da Gala será também tratada nas próximas edições do CM.

'Vai ser um momento fantástico. Os leitores do Correio da Manhã vão poder ver quem faz o seu jornal todos os dias', refere José Cunha, director da Go-To, empresa responsável pela emissão da gala comemorativa das três décadas do jornal. 'Além disso, normalmente, as pessoas só vêem as fotos da festa no dia seguinte. Agora têm acesso em directo', acrescenta.

Para assegurar a emissão deste momento histórico do Correio da Manhã estão destacadas 'pelo menos 15 pessoas e seis câmaras, duas móveis e quatro fixas'. Segundo José Cunha, 'a internet ainda não emite em alta-definição, porém a captação das imagens já será nesse formato'. O responsável da Go-To está certo de que 'esta será a primeira de muitas outras emissões em directo no site do jornal'.

Hoje, a partir das 22h30, participe na festa de aniversário dos 30 anos do seu jornal em www.correiomanha.pt. Marta Leite Castro apresenta os 30 galardoados de dez áreas distintas, do Ambiente à TV e Cinema, passando pela Solidariedade e Saúde. A emissão da gala dos 30 anos do CM termina com a fadista Joana Amendoeira em palco.

Ao longo de 30 anos, o CM tem vindo a afirmar-se como o jornal preferido dos portugueses. E em 2008 bateu o recorde, com uma média de 115 854 jornais vendidos em banca diariamente.

PERSONALIDADES DOS 30 ANOS 30 NOMES QUE NOMEARAM AS FIGURAS DO FUTURO

Ambiente – Elisa Ferreira, Gonçalo Ribeiro Telles, Viriato Soromenho Marques.

Artes Performativas – Eunice Muñoz, Filipe la Féria, Rui Veloso.

Ciência – Alexandre Quintanilha, Carlos Fiolhais, Teresa Lago.

Desporto – Carlos Lisboa, Fernanda Ribeiro, José Augusto.

Empresas e Inovação – Carlos Zorrinho, Daniel Bessa, Vera Nobre da Costa.

Letras e Artes Plásticas – Vasco Graça Moura, Maria Filomena Mónica, José de Guimarães.

Política – Ramalho Eanes, Jorge Sampaio, Marcelo Rebelo de Sousa.

Saúde – João Lobo Antunes, Manuel Antunes, Sobrinho Simões.

Solidariedade – Maria Cavaco Silva, Isabel Jonet, Padre Jardim Gonçalves.

TV e Cinema – José Eduardo Moniz, Emídio Rangel, Leonor Silveira.

OS ESCOLHIDOS

Ambiente – Hélder Spínola (pela Quercus, de que é presidente); Nuno Ferrand (como coordenador do Centro de Investigação em Biodiversidade e Recursos Genéticos da Universidade do Porto); Raimundo Quintal (presidente da ONG Associação dos Amigos do Parque Ecológico do Funchal).

Artes Performativas – Lúcia Moniz (actriz e cantora); Manuel Cruz (músico e cantor, ex-Ornatos Violeta, com projecto a solo); Maria João Pires (pianista).

Ciência – Cláudio Sunkel (Instituto de Biologia Molecular e Celular e Instituto de Ciências Biomédicas Abel Salazar, da Universidade do Porto); José Henrique Veiga Fernandes (Instituto de Medicina Molecular, Universidade de Lisboa); Nuno Ferrand (Centro de Investigação em Biodiversidade da Universidade do Porto).

Desporto – Naide Gomes e Nélson Évora (atletismo); Cristiano Ronaldo (futebol).

Empresas e Inovação – António Câmara (presidente da YDreams); Isabel Jonet (pela gestão no Banco de Bens Dados e no EntreAjuda); Luís Portela (presidente da Bial).

Letras e Artes Plásticas – António Sousa Homem (cronista); Cristina Valadas (artista plástica); Valter Hugo Mãe (escritor).

Política – António Barreto (como presidente da Fundação Francisco Manuel dos Santos); Berta Cabral (presidente da Câmara de Ponta Delgada); Rui Vilar (presidente da Fundação Gulbenkian e do Centro Português de Fundações).

Saúde – José Carlos Machado (pela Investigação de Translação em doenças de cancro, IPATIMUP): Maria Mota (Instituto de Medicina Molecular da Universidade de Lisboa); Miguel Castelo-Branco (director do Instituto Biomédico de Investigação da Luz e da Imagem da Universidade de Coimbra).

Solidariedade – Isabel Jonet (pelo Banco Alimentar, Bens Dados e EntreAjuda); Sandra Anastácio (pela Ajuda de Berço); Teresa d’Almeida (pela Associação Sol).

TV e Cinema – José Alberto Carvalho (director de Informação da RTP); José Carlos Malato (apresentador de Televisão); Manoel de Oliveira (pela sua obra de mestre).

Fonte:correio da manhã
2 comentários