quarta-feira

Sabia que o júri espanhol atribuiu 10 pontos a Portugal em 1996?

LuciaMonizEm 1996 as votações espanholas foram uma farsa, segundo relata o blog juradoseurovision. Indo mais longe, este blog, aponta como totalmente forjadas não só as votações de 1996 como também as de 1995.
Desde sempre achámos muito estranho a Espanha, em 1996, não ter atribuído um único ponto a Portugal. Já desconfiávamos que os espanhóis tinham uma espinha atravessada na garganta (e com alguma razão veja-se a votação de 1979 atribuída por Portugal à canção interpretada por Betty Missiego) em relação às participações portuguesas.
Em 1996 a canção que Lúcia Moniz levou à Eurovisão era de facto excelente e do agrado da maioria dos telespectadores internacionais. Lúcia teria ficado numa posição mais cimeira não fossem as votações estratégicas e sabe-se lá que mais atribuídas a Portugal. Segundo este blog os jurados espanhóis tinham atribuído a Portugal 10 pontos.
Portugal em 96 ficou classificado em 6º lugar com 92 pontos, se a vontade do júri espanhol com a atribuição de 10 pontos à canção portuguesa fosse comunicada para a Eurovisão através da sua porta voz, a nossa canção chegaria aos 102 pontos ultrapassando assim a canção da Estónia (94 pontos), a canção da Croácia (98 pontos) e a canção da Suécia (100 pontos). Deste modo se a TVE fosse justa e não manipulasse a votação, do seu júri, Lúcia Moniz e a canção O Meu Coração Não Tem Cor classificar-se-iam em 3º Lugar.
Segundo o blog apontado acima nem a Bélgica recebeu 12 pontos do júri espanhol, nem Malta recebeu os 10 pontos. Quanto a Chipre apesar de agradar ao jurado não consegue votação suficiente para entrar na tabela no entanto acaba por recebe 7 pontos também eles combinados anteriormente.
A canção mais apreciada pelo júri espanhol, nesse ano, foi a holandesa tendo sido votada em massa por eles. No entanto recebeu apenas 6 pontos. Outros erros são apontados nesta votação espanhola de 96. Se estiver interessado pode ver a notícia na integra pode fazê-lo aqui.
Abaixo a listagem dos votos “reais” dados pelo júri espanhol em 1996.
Países votados pelo júri – Pontuação – Países com votação oficial
Holanda  – 12 – Bélgica
Portugal – 10  – Malta
Grécia – 8 – Noruega
Malta – 7 – Chipre
UK – 6 – Holanda
Croácia – 5 – Croácia
Estónia  – 4 – Estónia
Islândia  – 3 – Islândia
Noruega – 2 – Eslováquia
Irlanda – 1 – Eslovénia
Composição do júri espanhol em 1996:
José María Purón (compositor)
Anabel Conde (cantora)
Álvaro de Luna (actor)
Elvira Quintillá (actriz)
Adriana Vega (actriz)
Mónica Pont (actriz)
Pepe Sancho (actor)
Asunción Embuena (presentadora TVE)
Mikel Herzog (cantor)
Mabel Alfonso (cantora e autora)
Pedro Bermúdez, ‘Azuquita’ (cantor)
Montserrat Marial (empresaria)
Manuel Redondo (maquilhador e  gemólogo)
Juan Diego (psicólogo e maestro)
Antonio Pinilla (estudante)
María Mayor (modelo)




Fonte:Festivais da Canção
Enviar um comentário