Série lusa nos Emmy - JN

Formato que não agradou às televisões portuguesas fez sucesso no Brasil


"Castigo final" produzida pela portuguesa beActive - a mesma de "Diário de Sofia" - está nomeada na categoria de Ficção dos prémios Emmy, na vertente digital internacional. A série foi exibida pelo canal brasileiro Oi depois de ter sido recusada em terras lusas.

"Diário de sofia"

Foi a primeira série portuguesa a passar da internet para a televisão. O facto de serem os espectadores a votarem no episódio seguinte, ajudou o formato a ser vendido para vários países.

"T2 para 3"

Repetiu o percurso da antecessora, mas ultrapassou-a no número de países para onde foi exportado. A Grécia será o próximo a recebê-lo. Estão a ser preparadas adaptações para o Reino Unido e Rússia.

A acção de "Castigo final" passa-se no interior de uma prisão feminina, numa ala abandonada onde sobrevivem oito mulheres. Em cada noite, uma delas é assassinada pelo mesmo tipo de crime que cometeu. A narrativa é contada durante quatro episódios, de 25 minutos cada, em forma de documentário, pelas imagens das câmaras de videovigilância, e cabe aos espectadores, através das pistas divulgadas na internet e por telemóvel resolver o enigma e permitir a libertação das sobreviventes.

O projecto foi desenvolvido em 2007, mas não teve grande receptividade na televisão portuguesa. "Aquilo que fazemos são coisas específicas, com algum grau de inovação que quer explorar os limites da televisão", explicou Nuno Bernardo, director-geral da produtora, acrescentando que "na altura não havia programas mais arrojados".

"Em Portugal, os canais (generalistas) estão formatados. As grelhas não deixam espaço para programas mais inovadores. O 'T2 para 3', emitido pela RTP2, ia para o ar aos domingos de manhã", contou. Na sua opinião, caberia aos canais cabo investir neste tipo de formatos. Porém os emitidos em Portugal "não têm produção própria".

"Case study"

Segundo o responsável, no Brasil, a série foi considerada um "case study", com 125 mil fãs a passarem pelo canal de "Castigo final" no YouTube, transformando-o num dos mais vistos daquele país.

Agora compete com um formato da FremantleMedia(produzido no Reino Unido), outro da ITV (do mesmo país) e ainda com uma produção alemã da Grundy UFA TV. A cerimónia de entrega dos prémios realiza-se a 12 de Abril, em Cannes, no âmbito da feira de conteúdos MIPTV.

Esta não é a primeira vez que um dos conteúdos é nomeado para uma distinção internacional. No ano passado, o formato "T2 para 3" foi um dos candidatos à "Rose D'Or". E, em 2008 a mesma produção ganhou uma menção honrosa nos C21 Media Awards.

O futuro da produtora passa pela adaptação deste último bem como de "Diário de Sofia" (ver ficha) em inúmeros países e pela "sitcom" "Living in a car", com Ivo Canelas e Lúcia Moniz, que estreia na HBO canadiana em Maio, e para o qual se procura um canal português. A beActive está ainda a preparar um concurso ligado às artes, que será apresentado na próxima feira de Cannes.

Fonte:Jornal de Notícias
Enviar um comentário