Conversas Depois de um Enterro - 30 de Abril no Teatro Aveirense

Conversas Depois de um Enterro de Yasmina Reza


Custódia Gallego, Filipe Duarte, João Cabral, Lúcia Moniz, Manuel Cavaco e Sofia Nicholson, foram desafiados pelo arrojo e pela saudade de palco. O convite de Renato Godinho, que encena o espetáculo, proporcionou uma inesperada comunhão de vontades e desejos que levou este maravilhoso grupo de atores a pegar numa história de Yasmina Reza - a primeira que escreveu para Teatro - e a viverem uma família de personagens à procura de paz. Contrastando com a busca familiar que caracteriza o enredo da peça, está a determinação das pessoas que dão vida a este projeto em contrariar o cinzentismo teimoso e o conformismo viral. Sem subsídios, sem uma grande produtora por trás, mas com a inabalável determinação de quem sabe o que quer, e ama o que faz. Esta é a história de “Conversas Depois de um Enterro”: o patriarca Simão Aguilar faleceu, e, de acordo com os seus desejos, acaba de ser enterrado - não ao lado da sua mulher, no cemitério, mas nas suas próprias terras. Reunidos estão os três filhos, todos nos seus quarenta anos: Jaime (João Cabral), Edite (Sofia Nicholson) e Alex (Filipe Duarte). Também lá estão Pedro (Manuel Cavaco), o tio do lado da mãe, e a sua mulher, Júlia (Custódia Gallego), - bem como Elisa (Lúcia Moniz). Elisa é a “outsider”: apesar de ter sido namorada de Alex, quem ela amava realmente era o seu irmão Jaime. O que se desenrola a partir daqui, é um enredo familiar, com muitos momentos de humor. Há as tensões que são expectáveis em qualquer reunião de família, e os esforços para chegar a termos com o passado, presente e futuro. Ao pai é dado o descanso, mas a sua presença ainda é sentida. À medida que alguns factos inesperados são revelados, a imagem que a família tinha do pai, transforma-se. É aqui onde os valores familiares são construídos, que o vazio deixado pelo falecido dá lugar à comunhão por que todos ansiavam há muito. “Conversas Depois de um Enterro”, de Yasmina Reza, é apresentado pelo Montepio, tem encenação de Renato Godinho, e interpretação de Custódia Gallego, Filipe Duarte, João Cabral, Lúcia Moniz, Manuel Cavaco e Sofia Nicholson.


Local: Teatro Aveirense
Preços:
Plateia - €12
Balcão - €10

Data: 30/04/2013 pelas 21:30
Bilheteira Online
Enviar um comentário