Imprensa-Second Life




Caras conhecidas desfilam em antestreia de filme português
“O público teve uma óptima aceitação do filme e isso, para mim, é o mais importante.” (Lúcia Moniz)
Foi no Centro Cultural de Belém, em Lisboa, mas a antestreia do filme português Second Life bem poderia ter acontecido em Hollywood. Da passadeira vermelha, decorada com estrelas com os nomes dos actores, ao balão gigante, tudo foi pensado para que este filme de Alexandre Cebrian Valente fosse apresentado de forma grandiosa. Entre os holofotes e os confettis, os convidados foram chegando, ansiosos por ver esta produção, que contou com a participação de nomes como Pedro Lima, Nicolau Breyner, Lúcia Moniz, Sofia Grillo, Paulo Pires, Cláudia Vieira e até Fátima Lopes e Luís Figo, entre outros. E para combinar com todo o aparato, o elenco chegou de limusina branca, acenando para quem os esperava junto à longa passadeira.
A pouco mais de um mês de voltar a ser mãe, Fátima Lopes chegou de braço dado com Ruy de Carvalho. Feliz por ter participado neste filme, a apresentadora confessou que não foi difícil vestir a pele de uma mulher dedicada à família: “Eu não me considero actriz. Se com uma participação me considerasse actriz, acho que estaria a desrespeitar o trabalho dos actores. Fiz uma participação especial e acho que foi uma atitude de coragem da parte de quem me convidou, porque não tenho experiência. Mas gostei muito, porque aprendi imenso e estive no meio de um elenco de pessoas fantásticas, com quem me diverti muito. E como já sabiam que estava grávida, trataram-me todos ‘nas palminhas’.”
Foi com o apoio de toda a família e do namorado, Pedro Teixeira, que Cláudia Vieira viu, pela primeira vez, o seu desempenho neste filme. A apostar muito na sua carreira como actriz, Cláudia sente-se uma “felizarda” por poder mostrar o seu talento não só na televisão e no teatro, como também no cinema: “Este mundo é muito novo para mim. Só tenho pena de não ter tempo para saborear calmamente estas experiências. Está a ser maravilhoso e é a constatação de que as coisas na minha carreira estão a correr muito bem. Estreei o Contrato e agora o Second Life... O mês de Janeiro está a ser uma loucura. Mas sei que isto tudo tem consequências e tenho falhado um bocadinho na presença à família.”
Se Lúcia Moniz começou a ser conhecida pelo seu talento enquanto cantora, está mais do que conquistado o seu espaço enquanto actriz. Depois de ver o filme, Lúcia confessou que nem sempre consegue evitar fazer uma análise exaustiva do seu desempenho: “Foi a primeira vez que vi o Second Life, mas tenho de vê-lo outra vez, porque estava com um olhar muito clínico. Mas adorei ver todos os meus colegas e todas as cenas onde eu não estava. Onde eu entrava, vi a tremer da cabeça aos pés. [risos] Mas eu sou sempre assim. O público teve uma óptima aceitação do filme e isso, para mim, é o mais importante.”
No papel de mulher do protagonista, interpretado pelo polaco Piotr Adamczyk, Lúcia envolve-se com o cunhado, a personagem de Paulo Pires. Também o actor partilhou com a CARAS o que achou desta sua ‘segunda vida’: “A minha personagem é apenas mais uma peça deste puzzle, e penso que puzzle é a melhor palavra para se definir este filme.” Opinião que os espectadores poderão confirmar a partir de dia 29, data de estreia do filme.
Fonte:Caras
Enviar um comentário