Lúcia no Rock in Rio



No primeiro dia, a 30 de Maio, os Philharmonic Weed convidam Prince Wadada para a festa do "Primeiro Mundo", a celebração da Lusofonia na sua vertente africana com um momento de tributo ao músico angolano Bonga. Vai haver ainda em palco um grupo de percussão, uma secção de metais e outros convidados surpresa.

Em seguida vamos assistir à reunião de dois artistas que cantam em português e em inglês e que têm no rock a sua base de formação e de influência. Ricardo Azevedo e Lúcia Moniz são dois jovens artistas que se admiram mutuamente e que vão ter a oportunidade de actuar juntos no Sunset Rock in Rio e construir um espectáculo exclusivo onde podemos esperar novas versões que vão demonstrar a afectividade musical que os une!

A fechar o dia, Sam the Kid e os Cool Hipnoise, acompanhados pela Banda Rock in Rio (banda residente que acompanha os artistas em todos os últimos concertos de cada dia), num encontro exclusivo e inédito. A máquina do groove vai juntar-se à máquina da rima e dos beats para apresentar um espectáculo onde as raízes da música urbana encontram as fundações da música negra versão triângulo África / Caraíbas / Brasil.

Fonte:rock in rio online


A edição deste ano do Rock In Rio apresenta no cartaz uma série de encontros inéditos entre artistas lusófonos. Aquele que era habitualmente visto como o palco secundário, é agora baptizado de Sunset, precisamente porque todos os concertos estão marcados para o fim da tarde, entre as 17.00 e as 21.00 sempre com um espírito de jam session.

Fonte:dn online
Enviar um comentário